Beneficios del yoga prenatal

La práctica de ejercicios físicos durante el embarazo te beneficiará para una mayor armonía entre tu cuerpo en constante cambio y el placer de sentir dentro a tu bebé. El yoga es una excelente opción para ambos.

La práctica de ejercicios físicos durante el embarazo te beneficiará para una mayor armonía entre tu cuerpo en constante cambio y el placer de sentir dentro a tu bebé. El yoga prenatal es una excelente opción para ambos.

Uno de los ejercicios durante el embarazo más recomendados son los ejercicios de yoga, ya que es una actividad que pone especial atención en la meditación, la elongación y en la respiración.

Beneficios del yoga prenatal

  • Te revitaliza, ayudándote a reducir el cansancio.
  • Tonifica tus músculos y da mayor flexibilidad a tus articulaciones.
  • Ciertas asanas (posturas) te preparan la fisiología para el momento del parto.
  • Mejora tu circulación, lo que reducirá la hinchazón o los calambres en las piernas
  • Te ayudará a mantener el peso y disminuirá la probabilidad de formación de estrías.
  • Te mejorará la postura evitando las lumbalgias (dolor en la parte inferior o lumbar de la espalda).
  • La práctica de la respiración te será de mucha ayuda durante el embarazo y sobre todo durante el parto, brindándote mayor seguridad y confianza.
  • Te ayudará a calmar la ansiedad y los miedos naturales a través de la meditación.

Te puede interesar

¿Por qué se presenta la infección vaginal en el embarazo?

Durante os meses de gestação, se produzem mudanças no pH vaginal. Por esta razão, os especialistas consideram que é a etapa mais vulnerável para a ploriferação de bactérias

A gravidez representa um período de mudanças para todas as mulheres. É uma etapa em que tudo se modifica, desde as variações mais perceptíveis, como a ansiedade e o aumento de peso, até alterações do organismo pouco conhecidas, como as infecções vaginais.

Questão de hormônios

Durante os 9 meses de gestação, o nível de hormônios femininos muda e afeta diretamente o pH da área genital. No cotidiano, o pH da zona vulvar é ácido e inferior ao de outras partes do corpo, se situa em uma média de 3.8 a 4.2, com a finalidade de impedir o crescimento de bactérias. No entanto, durante a gravidez, a futura mamãe vive diversas mudanças hormonais, que comprometem diretamente a capa protetora ácida. Desta maneira, a variação para um pH maior que 4.2 pode alterar o equilíbro em detrenimento da flora habitual, o que deixa espaço para a ploriferação de gérmens patógenos. Por essa razão, os 9 meses de gestação representam uma das etapas mais vulneráveis da mulher para adquirir infecções ginecológicas.

Prevenir é melhor

É necessário que todas as mamães tomem cuidados especiais para manter sua zona íntima limpa e protegida durante esta importante etapa da vida.

Entre as principais recomendações encontram-se:

  • Usar roupa íntima de algodão.
  • Não usar roupa muito justa ou de materias sintéticos.
  • Lavar a roupa íntima com sabão em barra e enxaguar bem, sem deixar resíduos.
  • Lavar a zona íntima com um sabonete especial com pH ácido, que limpe, hidrate e ajude a prevenir infecções na área vulvoperineal.
  • Não se recomenda utilizar talcos, aromatizantes ou sais de banho.
  • Evitar traumatismos na região genital como arranhões (de coçar), depilação ou fricção.
  • Ao notar mudanças no fluido vaginal, ardor ou mau odor, não automedicar-se e consultar o ginecologista ou obstetra.

Te puede interesar